Presidente da Aleam, deputado Roberto Cidade, manifesta pesar pela morte do poeta Thiago de Mello

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (PV), lamentou, na manhã desta sexta-feira (14), o falecimento do poeta e escritor amazonense Thiago de Mello, ocorrida nesta madrugada, aos 95 anos. “Recebi com grande pesar o falecimento deste ícone da cultura amazonense e brasileira, um dos poetas mais influentes e respeitados do país”, disse Cidade.

Segundo ele, o Amazonas perde um de seus filhos mais proeminentes. “Um poeta que cantou em verso e prosa seu amor pela Amazônia e teve seu trabalho reconhecido em todo o mundo, motivo de orgulho e admiração de todos nós”, disse.

O parlamentar lembrou que o poeta, nascido em Barreirinha (distante 331 km de Manaus em linha reta), tem uma de suas principais obras – “Os Estatutos do Homem” – imortalizada no saguão da sede do Poder Legislativo. “Seus versos estão reproduzidos no hall de entrada do prédio principal da Assembleia. Uma grande homenagem que o Parlamento fez a este poeta ainda em vida, reconhecendo o valor inestimável que ele sempre teve para a arte e a cultura de nosso Estado”, destacou.

Os Estatutos do Homem foram escritos por Thiago de Mello em 1964, enquanto ele estava no exílio em Santiago, capital do Chile, e publicado no ano seguinte, no livro “Faz Escuro, Mas eu Canto: Porque a Manhã Vai Chegar”